Tudo o que você precisa saber para espantar qualquer tipo de dor consequente da falta de postura.

30/07/13

Como você se senta durante o expediente? Ao dirigir o seu carro ou pegar um transporte coletivo para voltar para casa, qual a sua postura? E quando chega a sua casa, como costuma relaxar? Fica difícil responder a todas essas questões com a consciência tranquila, não é?!. Até porque, cuidar da postura não é um hábito dos brasileiros.

A rotina agitada, o sedentarismo e a má postura são algumas das principais causas das dores nas costas, problema comum que já atinge 85% da população, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

“A nossa disposição corporal sofre com a agitação do dia-a-dia, já que ficamos durante longos períodos sentados no carro, no trabalho e em viagens, o que favorece o encurtamento da musculatura anterior”, explica Maurício Corrêa, fisioterapeuta do Centro de Bem-Estar e Fisioterapia Levitas (SP).

De acordo com o profissional, os problemas recorrentes da má postura, além de prejudicar o nosso cotidiano, também podem trazer consequências mais específicas à saúde.

“Precisamos ter mais atenção com o eixo central do esqueleto, pois as deficiências nessa região podem nos deixar vulneráveis a diversas lesões na coluna, principalmente as osteomioarticulares (que comprometem o osso) no dorso”, alerta.

O fisioterapeuta ressalta que há diversas atividades que podem ajudar na correção da postura incorreta: “Existem exercícios específicos para desenvolver o equilíbrio muscular e a flexibilidade, como o pilates e as aulas posturais. Geralmente as atividades são realizadas em grupo e o fisioterapeuta aplica técnicas derivadas do RPG, com o objetivo de encontrar desequilíbrios musculares e articulares, e depois prescrever treinos que atendam diretamente a área do corpo que está comprometida, respeitando a individualidade e necessidades posturais de cada pessoa”, explica.

Para evitar e aliviar as dores recorrentes da má postura, o profissional aconselha reservar alguns minutos todos os dias para exercitar a musculatura. “Com dez minutos diários é possível adquirir uma nova qualidade de vida”, enfatiza Maurício, que dá dicas de exercícios que podem ser feitos em casa, após acordar, ou antes, de deitar.

• Deite de barriga para cima com os membros estendidos. Coloque a palma das mãos voltada para cima e apoie toda a coluna lombar no chão. Fique na posição durante cinco respirações seguidas.

• Respire profundamente e, quando inspirar o ar, aumente mais a curvatura lombar, movimentando apenas o quadril para cima, sem perder o apoio do colchão. Expire o ar e apoie toda a região da coluna lombar. Faça os movimentos de forma lenta e ampla, para adquirir mais forma e mobilidade articular. Repita o exercício por cinco minutos.

A mesma sequência pode ser feita pela manhã, ao acordar, e à noite, antes de dormir.

Vale destacar que após algumas respirações, é preciso observar o posicionamento da cabeça para que ela esteja alinhada com o corpo durante todo o exercício, desenvolvendo a consciência corporal. E para quem possui maior disponibilidade e tempo livre, o profissional recomenda investir em mais alguns exercícios de alongamento muscular, como ensina a seguir.

• Deite e segure um lençol com as duas mãos. Passe o lençol pela planta do pé e puxe até sentir o alongamento da parte de trás das pernas e joelhos. Respire sempre profundamente durante a execução do exercício.

• Segure uma das pernas e flexione. Abrace esta perna de modo que o joelho se aproxime do peitoral. A outra perna deve permanecer estendida. Reveze os exercícios entre as duas pernas.

Compartilhe:

Comentários

Chat
Precisa de ajuda? Vamos conversar!
Desculpe mas não temos nenhum operador online no momento. Você pode ligar para (12) 1234 5678
Em toda loja
  • Em toda loja
  • Equipamentos
  • Acessórios
  • Play
Olá visitante! Sua conta