Será possível termos um corpo à prova de lesões?

25/10/12

É comum vermos esportistas e atletas lesionados não procurarem ajuda médica por acharem que lhes será recomendado um período de repouso ou até mesmo de Fisioterapia, aliado à medicação. Isso causaria um afastamento temporário da atividade física, de menor ou maior duração que, soa como um verdadeiro castigo à essas pessoas.

Mas, afinal, quais são os reais riscos desse tipo de comportamento? Será que nosso corpo “absorve” aquela lesão e se recupera naturalmente ou estamos tapando o Sol com a peneira e criando um problema muito mais sério?

Na maior parte das vezes, o resultado é a pessoa passar por uma cirurgia ou até mesmo desenvolver um nódulo. Hoje em dia, alguns médicos e profissionais de Educação Física trabalham com a teoria de que, a continuidade da prática esportiva no lugar do descanso e da medicação pode ser benéfica. Além disso, a execução de exercícios preventivos para fortalecimento de ligamentos e músculos específicos, voltados para a atividade que você pratica, poderia evitar futuras lesões.

Ainda seguindo essa linha, após um breve período de descanso, o indivíduo deve retomar o treino e de maneira intensiva, pegando mais leve somente na região ainda lesionada. O ideal seria criar um circuito construtor de massa muscular, aliado à atividade aeróbica, auxiliando assim na perda de peso. Essa conduta supostamente seria melhor para a recuperação do que a dupla descanso e medicação.

Outro fator apontado é que a interrupção inesperada da prática esportiva, levaria o indivíduo à depressão, visto que alguns neurotransmissores: Serotonina e Dopamina (propulsores do humor) seriam produzidos em uma intensidade bem menor. Sessões de massagem dariam maior elasticidade aos músculos, além de identificar tensões crônicas que, seriam possíveis pontos de lesões no futuro.

Vamos analisar essa teoria.

Existe mais de uma conseqüência em não procurar ajuda médica. A primeira é raciocinar se vale à pena o prejuízo de agravar ainda mais essa lesão, especialmente quando ligada a uma mesma “cadeia muscular”. Ao procurar um médico com especialização esportiva, a lesão será avaliada, visando o bem-estar mental e emocional do paciente.  O médico saberá indicar a prática de atividade física mais adequada e a devida intensidade.

Realmente, parar qualquer tipo de treino pode levar a uma mudança de humor, baixando os níveis de Serotonina, Dopamina e Endorfina. A massagem é uma boa saída para aliviar tensões, pois elas podem se tornar pequenas contraturas e levar a lesões em grau mais elevado. É muito importante que você durma de 7 a 8 horas por noite. Durante o sono, nosso organismo recupera e aumenta a estrutura do músculo, fortalece os ossos e reabastece as hemácias (células vermelhas).

Se você notar qualquer tipo de lesão no seu corpo ou mesmo uma dor aparentemente sem motivo, procure ajuda médica. Não faça uso de analgésicos sem prescrição.  Muitas vezes, um incômodo ignorado agora pode ser um grave problema em um futuro próximo.

 

LC Freitas – CEO Fit Five

Master Trainer Reebok
www.fitfive.com.br

Compartilhe:

Comentários

Em toda loja
  • Em toda loja
  • Equipamentos
  • Acessórios
Olá visitante! Sua conta