Pesca esportiva, você sabe o que é?

25/09/12

Certamente, o Brasil é um dos países do mundo com mais recursos naturais, principalmente hidrográficos. Nossa fauna e flora é muito rica, em superfície ou embaixo d`água. Muitas são as espécies de peixes que temos, seja em água doce ou salgada. Os brasileiros gostam muito de comer peixe, especialmente por ser considerado carne branca e também, não podemos deixar de levar em consideração o aumento do interesse pela comida japonesa, que muito se utiliza dos peixes para sushis, sashimis e pratos diversos.

Somos um país tropical, com quilômetros de praias, muitos lagos e diversos rios. Apesar de toda essa familiaridade, a verdade é que ainda não aprendemos a dar o devido valor à todo esse tesouro. Muitas praias e rios estão sujos, seja pelo lixo que deixamos ou por despejos de grandes empresas. Toda essa poluição acarreta em danos para nossa flora aquática, bem como para os animais que ali vivem.

Dentro desse cenário, existem pessoas, profissionais ou ativistas, que se preocupam em conscientizar a população da importância de preservar nossos recursos, e nesse cenário, surgiu a assim chamada Pesca Esportiva. O que é Pesca Esportiva? Nada mais é, do que a evolução sustentável das pescas: industrial, de subsistência e hobby. É importante ressaltar que, a Pesca Esportiva é diferente da Pesca Submarina, apesar da última possuir confederações e competições internacionais de alto nível técnico.

A Pesca Esportiva no Brasil, é regulamentada pelo Ministério do Esporte e Turismo (EMBRATUR) e pelo Ministério do Meio Ambiente (IBAMA). Desde 1997, a Pesca Esportiva está inserida no Programa Nacional de Desenvolvimento da Pesca Amadora (PNDPA), que objetiva tornar a atividade, instrumento de desenvolvimento econômico (Turismo e campeonatos), social e ambiental. Em nosso país, é obrigatório possuir a Licença para Pesca Amadora para aqueles que querem pescar usando molinete/carretilha ou para os praticantes de Pesca Submarina.

Na Pesca Esportiva, após o peixe ser capturado, pesado e fotografado, ele é devolvido vivo à água e sem nenhum ferimento. Em geral, as modalidades mais conhecidas  utilizam apenas vara de pesca, linha e anzol. Quando o peixe escolhido é muito pesado, também acaba-se usando molinete ou carretilha. A Pesca Esportiva é praticada em mar, rios e lagos, utilizando iscas naturais e/ou artificiais.

Uma das atividades sociais mais comuns ao redor do mundo, esse tipo de pesca, não é plenamente explorado no Brasil. Inclusive, a maioria das pessoas que procuram guias para pesca no Pantanal, Amazonas e outras regiões, são norte-americanos e não brasileiros. Embora seja relativamente comum a cultura do “pesque-pague”, pesqueiros próximos à regiões metropolitanas, aonde geralmente famílias vão se divertir.

As espécies liberadas para Pesca Esportiva no Brasil são: Atum, Black Bass, Badejo, Barracuda, Bonito, Carpa, Corvina, Dourado, Garoupa, Jaú, Lúcio, Marlim, Truta, Tucunaré, entre outros. É importante ressaltar, que a Truta deve ter entre 30 e 40cm.

Dentro da cultura da Pescaria Esportiva, existe o Carp Fishing. Essa modalidade consiste na pesca exclusiva de carpas e é bastante disseminada internacionalmente, já que a Carpa é um peixe relativamente agressivo e portanto, não se deixa pescar facilmente.

Existem diversos torneios de pesca, individual ou em dupla, promovidos especialmente por empresas, aonde quem pesca os maiores peixes é premiado em dinheiro ou com troféus. Conheça um pouco mais sobre esse esporte aqui:  http://migre.me/aTcjv

Compartilhe:

Comentários

Em toda loja
  • Em toda loja
  • Equipamentos
  • Acessórios
Olá visitante! Sua conta