Como Escolher a Franquia Ideal?

21/08/14

Com um crescimento consolidado acima dos dois dígitos percentuais há quase uma década, o franchising tem atraído cada vez mais marcas e também investidores para o sistema. Só em 2013, 277 novas empresas ingressaram no modelo de gestão, de acordo com a ABF, um crescimento de 9% em relação ao ano anterior. “Vimos muitas redes passando para franquias, pois o sistema se mostra muito eficiente. Os convênios que temos com o Sebrae, Ministério do Desenvolvimento Industria e Comércio, (MDIC), IFA e outras instituições ajudam a fomentar o empreendedorismo” afirma o diretor executivo da ABF, Ricardo Camargo.

O desejo de ter o próprio negócio tem motivado também muitas pessoas a apostar no franchising como forma segura para empreender e aplicar o investimento de uma vida inteira. “Essa indústria tem um compromisso com o triunfo de toda a cadeia, olhando o local, que é franqueado, além do global. Isso efetivamente traz resultado para as marcas e para o investidor”, afirma a presidente da ABF, Cristina Franco.

NOVO INVESTIDOR

A taxa de conversão de prospects em franqueados tem subido com o passar dos anos. Muitos curiosos se aproximavam do sistema, sem entender como funcionava, e de marcas que não condiziam com o seu perfil.  Atualmente isso mudou. “ Hoje isso já está tão claro que alguns nem querem ser franqueados, querem desempenhar melhor o papel de franqueado dentro de uma rede”, afirma o diretor de treinamento e eventos da ABF, e diretor estatuário do grupo Scalina, Juares Leão. O novo investidor de franquias é muito mais informado sobre o setor, na visão do executivo. “As perguntas que fazíamos antes para os prospects já vêm respondidas. Eles chegam muito mais preparados e vão direto ao ponto”.

Tendo isso em vista, cabe às marcas estruturarem seu plano de negócio de forma ordenada e sólida, e só lança-la no mercado após os devidos testes que assegurem a rentabilidade das unidades e aplicabilidade da padronização exigida para o franchising. “ A vontade de crescer desordenadamente e sem um plano não deve ser maior que o planejamento para esse momento. Como franquia, diferentemente de outros modelos, exige-se um critério e um cuidado ainda maior por um simples motivo: o franqueado que investirá tempo e dinheiro no sonho de crescer”, explica o consultor da Dubnet Varejo & Franchising, Danilo Kindro Andreoli.

A MELHOR FRANQUIA

A escolha da franquia é o ponto crucial que define se o investimento dará retorno no futuro ou não.

O sucesso da operação depende mais do franqueado, que está na ponta do atendimento, do que da franqueadora que tem preocupação macro com a rede. “O sucesso de uma franquia se mostra diretamente relacionado ao desempenho do próprio franqueado, quer seja como o agente de escolha da franquia adquirida, quer seja como responsável pelo desempenho da franquia através das atividades desenvolvidas por ele no dia a dia”, afirma o diretor-presidente da Miletelli Bussiness Consulting, Marco Militelli.

O recomendado é que antes de conhecer possibilidades de negócios para investir, o candidato faça uma autoanálise para optar por escolhas mais certeira. “Antes de procurar a franquia de seus sonhos, conheça a si mesmo, faça uma autoavaliação sincera e honesta. Entenda seus pontos fortes e fracos, o que gosta ou não de fazer, em qual ramo suas habilidades se encaixam, e se você está disposto a atuar com as normas e padrões estipulados pelo franqueador”, aconselha o diretor de franqueados da ABF.

Portanto, negócios “da moda” nem sempre representarão um bom investimento para o empreendedor. Um critério importante que deve fazer parte da avaliação do investidor para entender se aquela franquia será rentável ou não, é a análise da cidade em que pretende inserir seu negócio. Tem público? Existe concorrência? Muita dessas análises são feitas pela própria franqueadora, e algumas negam pontos que não representem rentabilidade para o empreendedor.

O Futuro franqueado deve fazer uma análise de sua cidade e região para saber da existência de futuros concorrentes, seja franquia ou não, no segmento escolhido. Só a partir daí é que deverá dar continuidade no processo de aquisição.

Escolha a Franquia Ideal em 6 passos

1 . Faça uma autoanalise e descubra no que está disposto a investir, qual segmento é mais adequado a seu perfil e do que está disposto a possivelmente abrir mão, como os fins de semana, por exemplo, se for loja em shopping center.

2. Pesquise o panorama do segmento em que pretende investir. É lucrativo? Funciona na sua região?

3. Pesquise a região em que pretende inserir a franquia: analise o publico, concorrência e viabilidade.

4. Confirme se a marca é associada à ABF, o que garante conformidade com as leis.

5. Converse com franqueados atuais e antigos da marca prospectada para saber se tudo aquilo que é vendido é de fato executado.

6. Ao receber a Circular de Oferta de Franquia, se assegure que todos os outros passos foram executados, procure assessoria jurídica e verifique se está tudo conforme a lei.

Fonte: Guia Oficial ABF Franchising Expo 2014

Compartilhe:

Comentários

Em toda loja
  • Em toda loja
  • Equipamentos
  • Acessórios
Olá visitante! Sua conta